sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

O filme que tenta transformar o cidadão de bem em herói ... mas falha

Sabe aquelas pessoas que falam coisas lindas mas tem atitudes horríveis. Então...


Esse texto possui spoilers de todo o filme Destruição Final – O Último Refúgio (Greenland)

Por Fernando Jácomo,

Vamos voltar no tempo!

O mundo está acabando, um homem comum responsável pela escavação em um poço de petróleo, vê seus dons serem necessários para escavar um meteoro em direção à Terra. Ele e sua equipe partem para o meteoro porém chegando lá, encontram diversos problemas. Então, em um ato altruísta, ele salva a tripulação, destrói o meteoro e se separa da família. Esse era o plot de Armageddon de 1998. Atitude linda e surreal.

22 anos depois, Gerard Butler - nosso querido Leônidas de 300 - se vê diante de um meteoro (ou cometa, no caso) em Destruição Final – O Último Refúgio (Greenland) - disponível na Amazon Prime. Sua motivação é outra: salvar sua família uma vez que a ameaça do cometa é imbatível.

Segue-se então um filme com todos os clichês de Armageddon, Impacto Profundo, Fim dos Dias, O dia depois de Amanhã e 2012. Até aí nada de mais.

No final, Butler salva sua família levando-a para um abrigo que possui pessoas escolhidas compostas por indivíduos com emprego relevante e saúde perfeita, ideais para uma reconstrução da sociedade. Ele e sua família haviam sido selecionados no começo, porém rejeitados de última hora - seu filho possuía Diabete do tipo 1. Mas ok, no final eles chegam no abrigo a tempo mesmo assim.

O maior defeito no filme é não mostrar o quanto o personagem de Butler é maquiavélico. Não importa que seus vizinhos implorem por salvação, não importa se centenas de pessoas estão desesperadas pedindo por ajuda, não importa se ele parar um avião com um carro e deixar todo mundo morrer se ele não embarcar... ele quer salvar o rabo.

O avião poderia não comportar os 100kg de Butler.  Mas com o incentivo da
 esposa ele foi lá e colocou  a vida de todo mundo em risco.
Ele nem quis discutir, embarcou para salvar a pele.
Realista, só não o chamem de mocinho

Seu casamento nem é dos melhores mas ele também quer salva-lo incluindo sua prole. É instintivo porém nem um pouco autêntico.

Ao pintar o personagem como um herói, o filme acaba pintando uma caricatura ridícula do "cidadão de bem". O roteiro até tenta minimizar a maldade do herói mas de forma burra: em uma cena, ele promete devolver um carro ao dono se sobrevivesse... ele sabia que o carro seria deixado para trás eventualmente e viraria pó com a queda do meteoro. 

A maldade contudo, não seria falha de roteiro. Seria mais autêntica. O problema é que a cabeça do humano médio de 2020 é falha igual esse roteiro: ele acha que está fazendo o bem ignorando todo o resto. 

Candidatos a eleitores de Trump, os heróis de Destruição Final – O Último Refúgio (Greenland) só querem uma coisa: livrar o próprio rabo. E tudo bem se esse fosse o plot! Com certeza muitos de nós faríamos a mesma coisa e com essa motivação nos faria pensar muito sobre nós mesmos. O problema é disfarçar isso com boas ações vazias ou frases bonitas para enganar a audiência. Em resumo, o filme poderia mostrar o quanto a natureza do homem é bairrista e má, mas ele tenta se justificar com atitudes vazias e falha miseravelmente. O filme tenta ser maniqueísta transformando-o em mocinho, mesmo depois de ignorar o próximo e até matar em nome da sua salvação.

Com certeza Butler não lutaria até a morte como fez seu personagem na Batalha de Termópilas (300) ou mesmo Willis em 98, só não vamos igualar esses personagens e chamar esse cara de herói quando na verdade ele foi um tremendo filha da puta. 

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Vídeo da semana

Total de visualizações

Vendas de Consoles no Mundo

Marcadores

13 reasons why 3% 99 vidas a torre negra action figures activision adventure Time Agatha Christie allez babu amazon prime america's Got Talent animações Animais Fantasticos anos 80 apple aquaman arlequina artes artes marciais artigo assassins creed astronomia atari avatar avesderapina bandai bastidores batman bebe e joga bebe e jogo bebidas bethesda beyond good and evil bgs bienal big brother black Mirror Blade runner bleach blizzard blogue board games bonecos borat borderlands brazil games bruxas bungie call of duty caminho De Santiago De Compostela cannes capcom Cara Gente Branca carl sagan carmem sandiego carnaval castlevania causas sociais cavaleiros do zodiaco Caverna do Dragao chaves china ciencia cinema cinema nacional civilization cobra kai comidas consumismo nerd contra copa do mundo coringa coronavirus corrida cosplay counter strike Criticas criticas de cinema críticas-Filmes curiosidades curta metragem dança Dark Darksiders DC deadpool death note Death Stranding defensores destiny DesventurasEntreACruzEAConcha detona Ralph dicas dilema das redes disney doctor who documentario donkey kong Doug Douglas Adams dragon ball e3 ea sports egito entre A Cruz E A Concha entre cuba e mexico entrevista Episodios esportes esports estilo; comidas eurovision facebook faceDance far cry fatal fury feiras e eventos feminismo ficção cientifica fifa fighting game filmes filmes de terror final fantasy final fight fortinite fortnite fox FreeGames frozen funko futebol galeria galerias de fotos game of thrones gameplay games brasileiros games-retro Gaming gatos globo god of war godzilla guardioes da galaxia gudam guia haka harry Potter hasbro hbo hello kitty Hercule Poirot hideo kojima hiking Historia Historias-Nerds horizon zero dawn house of cards humanidades india indie games infamous infográficos injustice instagram Institucional internet invocacao do mal It james bond janelas urbanas Jaspion jouney jurassic park justiceiro k-pop karate kid kill bill king kong king of fighters kingdom hearts kojima konami la casa de las flores la casa de papel lady gaga lanterna verde last of us lego lgbt liga da justiça livros lucky luke mad max makingOff manga mario marketing marvel Marvel Versus Capcom master system matrix mega drive megaman memes merlí metal gear Michael Jackson microsoft missao impossivel mitologia grega mobile games monster hunter monty python mortal kombat museus musica Na Estrada namco naruto nas telas naught dog neon genesis evangelion netflix news ni no kuni nights nintendo nioh no mans sky nova zelandia novos mutantes nyc o rei leao oito mulheres e um segredo one piece onze homens e um segredo oscar overwatch pacman panini pantera negra papo play parques PCGames peanuts pixar planeta dos macacos plants versus zombies play playmobil playstation pokemon pokémon pokmon politica e sociedade portas dos fundos power rangers princesas quadrinhos queen Quem somos quentin Tarantino realidade virtual reality show Red Dead Redemption 2 redes sociais religiao resenha resident evil residente retrospectiva Rick & Morty rock rockstar RPG sailor moon samurai samurai shodown San Diego Comic-Con sao paulo saude Sci Fi Sega senhor dos aneis sense8 seriados sexta-feira13 shazam shows silent hill silvio santos simpsons slender man Smash Bros snk snoopy sonic sony Space Opera speedrun spider man square star trek star wars stardew valley steam steampunk stephen king Stranger Things streaming street fighter streets of rage super sentai superman tales from borderlands tbt teatro tecnologia TecToy tekken telefonia televisao telltale The Big Bang Theory the last of us the walking dead The witcher this is america Tintim Tomb Raider TOP5 trailer transformers trophy X-ray turma da monica tv twitter ubisoft umbrella academy uncharted universal viagem Viagens videogames live videos vingadores viuva negra warcraft wonder woman World War Z xbox xmen you tube yu yu hakusho Zelda zumbis